(19) 9 9200-5515

NO AR

Jornal da Manhã

Com Rafael Coelho

Esportes

O retorno do futebol no Brasil

Publicada em 08/06/20 às 17:30h - 444 visualizações

por Rafael Coelho


Compartilhe
 

Link da Notícia:

Allianz Arena, Munique, Alemanha, em 2010  (Foto: abcdoesporte at pinterest)
Assim como praticamente tudo em nossa vida foi afetado pelo novo coronavírus, o mundo dos esportes não foi diferente. Vivíamos uma época especial em nossa cidade com a volta da Inter de Limeira à elite do Campeonato Paulista da primeira divisão, após 14 anos. Por coincidência, a última partida do Paulistão com público, antes da paralisação, foi justamente um jogo da Inter. O Leão da Paulista recebeu no Limeirão um dos gigantes: o Palmeiras. No dia 13 de março, um domingo, o estádio contou com a presença de mais de 13 mil pessoas que assistiram ao empate de 0x0. Na capital, os jogos aconteciam com portões fechados, como forma de evitar aglomerações. Será que Limeira correu certo risco ao receber um público cuja grande maioria veio de São Paulo, cidade que é o epicentro das contaminações de covid-19?
Desde então, o futebol está paralisado. Sem treinos, alguns estádios sendo utilizados como hospitais de campanha. Essa se tornou a rotina esportiva. Até que começaram as discussões da volta dos campeonatos. Uma parte dos clubes da Série A julga que será mais fácil recomeçar os estaduais do que iniciar o Brasileirão. Se o Brasileiro se iniciar em agosto poderá terminar em janeiro sem problemas. Mas uma questão discutida por alguns clubes é em relação aos aeroportos. O Brasil pode conseguir resolver o problema do coronavírus num pedaço do país e não solucionar em outra região. Pode estar tudo bem em Salvador e não estar resolvido em São Paulo. Neste caso, não haverá como se transportar de uma cidade a outra, para disputar as partidas da Série A.
No fundo, nada será muito simples. Até mesmo os estaduais. A ideia inicial da Federação Paulista de disputar as seis rodadas restantes em uma cidade do interior é refutada por times grandes e também pelos pequenos, como o Santo André por não ter elenco disponível. O Campeonato Carioca, paralisado desde o dia 16 de março por conta da pandemia do novo coronavírus, ainda não tem data de retorno, mas definiu as regras para tal. No último sábado, em reunião virtual do Conselho Arbitral da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), o protocolo Jogo Seguro foi aprovado pelos clubes da Série A.
Na Europa, algumas ligas, como a alemã, voltaram a disputar partidas. Com muitos protocolos. Técnicos usando máscara, jogadores distribuídos intercalados no banco de reservas, portões dos estádios fechados para o público e jogadores evitando o máximo de contato, até mesmo nas comemorações dos gols. Mas e no Brasil? Será que a volta dos estaduais daria certo? Talvez não seja o momento certo, devido os casos estarem em constante aumento e quase 40 mil mortes registradas. Não só pela contaminação, mas também pela essência do esporte. Não há graça no futebol sem o canto das torcidas, sem as disputas dentro de campo, sem a alegria de comemorar um gol (o momento alto do esporte) com os companheiros de equipe. A saudade do futebol é grande para os brasileiros, mas devemos zelar pela saúde de todos e o bem comum. A prevenção e os cuidados com a saúde para vencermos a batalha contra o vírus é a melhor forma de aproximarmos a volta do futebol.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


 
11/10/20 - Religião Santos do século XX
27/09/20 - Religião O dinamismo da vida espiritual
19/09/20 - Religião O Cura D\'Ars






.

LIGUE E PARTICIPE

19 3452 3731

Visitas: 167197
Usuários Online: 4
Copyright (c) 2022 - Radio Magnificat FM
Converse conosco pelo Whatsapp!