Reflexão do dia: Evangelho Mateus 8, 28-34 – 28 de Junho

Esse é o Cara…

As pericopes presentes no evangelho de Mateus sempre concluem com essas interrogações, frutos da admiração pelos prodígios que Jesus realizava. “Quem é este homem, a quem até os ventos e o mar obedecem…”, e se fosse hoje iam dizer “Esse é  Cara”.

Será que esse evangelho quer contar uma história de pescaria que quase acabou em tragédia, se não fosse a presença de Jesus ? Claro que não, se não Jesus só seria, quando muito, protetor dos pescadores Profissionais, fala-se muito em pescaria, rede e peixe, barcos, porque esta era a realidade do quadro econômico da Galiléia.

As comunidades de Mateus, bem depois da morte e ressurreição de Jesus, uns sessenta anos no mínimo, daí prá mais, estavam em crise na Fé, o Cristianismo, que em seu início sem apresentou tão bom e atraente, já não era a Bola da Vez.

Muitas da comunidade já tinham desistido, as coisas não davam certo, tinha muitas perseguições, e participar da comunidade era uma grande dificuldade, o pressuposto do cristianismo era o Senhor Ressuscitado que estava na Comunidade, segundo a pregação dos apóstolos e da segunda geração de cristãos que começa a aparecer…Mas então, porque as coisas não davam certo ? Por que os cristãos tinham tantos dissabores até na vida pessoal?

Daí surgiu essa bela reflexão, Jesus, que nós não vemos com os olhos humanos, porque está em seu estado glorioso, continua no meio deles, para dizer isso, Mateus colocou que na barca Jesus dormia, ainda se fosse um Transatlântico enorme, daqueles que nem se abala com a tempestade, e Jesus estivesse confortavelmente instalado em alguma cabine de luxo, no aconchego de uma cama, ainda vá lá…mas não! Ele estava na proa de um barquinho frágil, encolhido a um canto puxando uma “Palha”, sossegado, no meio de um temporal…Por aí dá para perceber que se trata de uma reflexão…

Moral da Historia, Jesus é aquele que tem o domínio sobre as Forças da Natureza, nada está fora dele, tudo está sob seu domínio, esta é uma prerrogativa só de quem é Deus….

A mensagem é simples, na caminhada em comunidade devemos ter como virtudes a Fé e a Esperança, continuar firme na caminhada, mesmo que aparentemente parece que as coisas não estão dando certo, pois Jesus está no Leme da Barca que é a Igreja, em uma rota que já chegou no Terceiro Milênio de sua história….e conduzirá a Igreja ao Porto Seguro que é a Casa do Pai. Alguém aí quer contestar ? Basta olhar para trás, quantos Titanics possantes e poderosos, já afundaram…

 

Leave a comment

Adicione seu comentario abaixo, or trackback from your own site. You can also subscribe to these comments via RSS.

Your email is never shared. Required fields are marked *

*